Land & Gender | Land Portal
india woman farmer land rights

From large land acquisitions that displace communities without due compensation, to the encroachment of mining on indigenous lands, to the brunt of climate change and natural disasters, to everyday land and property deprivation by kin or state, women are typically more harshly impacted by land tenure insecurity due to discriminatory laws and lingering social bias.

Learn more about common challenges concerning Land & Gender.

Últimas notícias

Fonte: Oxfam
21 Novembro 2020
América Central
El Salvador
Honduras
México
Nicarágua
América do Norte
As mulleres defensoras de Dereitos Humanos de Mesoamérica, a rexión comprendida entre o sur de México e Costa Rica, son as protagonistas da II edición de 'Defensoras de Dereitos' que empezou a andar este sábado en Pontevedra.
https://www.thecommonwealth.io/
19 Novembro 2020
África
Quênia
Malawi
Maurícia
Moçambique
Ruanda
Seychelles
Tanzânia
Uganda
Zâmbia
Zimbabwe
Camarões
Botswana
Lesoto
Namíbia
África do Sul
Gâmbia
Gana
Nigéria
Serra Leoa
Antígua e Barbuda
Baamas
Barbados
Dominica
Granada
Jamaica
Santa Lúcia
Trindade e Tobago
Belize
Guiana Francesa
Canadá
Brunei
Malásia
Singapura
Bangladesh
Índia
Paquistão
Sri Lanka
Chipre
Malta
Áustria
Nova Zelândia
Fiji
Papua-Nova Guiné
Ilhas Salomão
Vanuatu
Kiribati
Nauru
Samoa
Tonga
Tuvalu
Os Prêmios de Inovação para Desenvolvimento Sustentável do Secretário-Geral da Commonwealth foram lançados para reconhecer e celebrar as contribuições que os inovadores nos setores público, privado e sem fins lucrativos estão fazendo no avanço das metas de desenvolvimento sustentável nos países da Commonwealth.
 
Olivier Asselin
9 Novembro 2020
África
África subsariana
Moçambique
Campanha Agrícola 2020-2021 tem preparação mecanizada de 100 hectares nos campos de produção de arroz e transferência de tecnologias no Vale de Mandruzi, Mutua e Savane em Sofala; parceria tenta aliviar efeitos do ciclone Idai. *
 

Blogues

Debates

Eventos

Biblioteca

Organizações

Adecru - Acção Académica Para O Desenvolvimento Das Comunidades Rurai

A Acção Académica para o Desenvolvimento das Comunidades Rurais (ADECRU) é uma organização da sociedade civil fundada em Outubro de 2007 por jovens estudantes universitários, numa acção mobilizadora entre os seus membros e os demais, constituindo-se como uma pessoa colectiva e de direito privado, dotada de uma personalidade jurídica e sem fins lucrativos, cujo objectivo é impulsionar os focos da consciência cidadã e a agenda de desenvolvimento local, promovendo maior envolvimento e interacção entre os vários actores nacionais e internacionais em prol do desenvolvimento d

Organização internacional que trabalha por justiça social, igualdade de gênero e pelo fim da pobreza. Fomos fundados em 1972 e estamos presentes em 45 países, alcançando mais de 15 milhões de pessoas no mundo. No Brasil desde 1999, atuamos em mais de 2.4 mil comunidades e beneficiamos mais de 300 mil pessoas. Trabalhamos em parceria com comunidades e organizações locais em projetos de educação, agroecologia e clima, igualdade de gênero e participação e democracia.

A AS-PTA – Agricultura Familiar e Agroecologia é uma associação de direito civil sem fins lucrativos que, desde 1983, atua para o fortalecimento da agricultura familiar e a promoção do desenvolvimento rural sustentável no Brasil. A experiência acumulada pela entidade ao longo desses anos permitiu comprovar a contribuição do enfoque agroecológico para o enfrentamento dos grandes desafios da sustentabilidade agrícola pelas famílias agricultoras. A AS-PTA participou da constituição e atua em diversas redes da sociedade civil voltadas para a promoção do desenvolvimento rural sustentável.

The All-China Women's Federation (ACWF) was founded on April 3, 1949. It is a mass organization that unites Chinese women of all ethnic groups and from all walks of life, and strives for their liberation and development. The mission of ACWF is to represent and uphold women's rights and interests, and to promote equality between women and men.

AU

American University creates meaningful change in the world. With highly ranked schools and colleges and internationally recognized faculty, AU offers a balance between class time and career-advancing experience in Washington, DC, and beyond. Its students, among the country’s most politically active, distinguish themselves for their service, leadership, and ability to rethink global and domestic challenges and opportunities.

Anuario Antropologico

Anuário Antropológico (Anuário Antropológico)

Anuário Antropológico é uma revista semestral do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília (PPGAS/UnB). Publica artigos originais, ensaios bibliográficos, resenhas, críticas e outros textos de natureza acadêmica que apresentem pesquisas empíricas de qualidade, diálogos teóricos relevantes e perspectivas analíticas diversas. A Revista publica textos em português, inglês, espanhol ou francês.Os artigos selecionados pela comissão editorial são submetidos a pareceristas externos em regime de anonimato.

Asian Women

Asian Women is the official journal of the Research Institute of Asian
Women. The journal is published in March, June, September, and
December each year.
Asian Womenis supported by Sookmyung Women's University and the National Research Foundation of Korea Grant funded by the Korean Government (MOE).

Asociación para el Desarrollo de la Mujer Negra Costarricense logo

El Centro de Mujeres Afrocostarricenses nace en1992 en Limón, Costa Rica como una iniciativa política de mujeres afrocostarricenses que se plantearon trabajar con temas específicos relacionados con su condición de género y raza, así como con un trabajo intensivo con la población Afrocostarricense y de la comunidad en general.Reconociéndonos como ciudadanas costarricenses, las mujeres fundadoras del Centro se plantearon la necesidad de contribuir activamente en la construcción de sociedades justas sin discriminación de ningún tipo. Desde su fundación y debido a la identidad afrodescendiente

Both Ends

Together with environmental justice and human rights groups from poor and developing countries, Both ENDS works towards a sustainable, fair and inclusive world.

The vision of Both ENDS is a world where long-term environmental sustainability and social equity take priority over short-term profits.

CEAS

Desde que foram lançados (1969), os Cadernos do CEAS buscam discutir criticamente temas diversos, que se relacionam com questões sociais, sempre na perspectiva de analisar a realidade brasileira em sua inserção internacional, apontando as iniciativas das classes trabalhadoras como caminho para a superação das situações de opressão e dos seus traços mais perversos, com o resgate da gigantesca desigualdade social que torna o Brasil um caso único e extremo entre os países industrializados.

Compartilhe esta página